Resumo

 

Tomando como ponto de partida conceitos gerais de Imunologia Básica, em que se estuda o Sistema Imunitário e se abordam os mecanismos fisiológicos da Resposta Imunitária, a Imunologia Complementar, no contexto do 2º ciclo em Análises Clínicas visa: 1) conhecer as metodologias mais utilizadas em Imunologia, desde os métodos tradicionais de precipitação e aglutinação, a métodos correntes como a imunofluorescência, os imuno-ensaios que utilizam como marcadores radio-isótopos ou enzimas e o Western Blotting, bem como metodologias para o estudo de células, de que a citometria de fluxo é um exemplo, 2) forneçer elementos que permitam a análise e discussão de aspectos patológicos directa ou indirectamente relacionados com o foro imunológico, 3) proceder a uma interligação entre os princípios fundamentais da Imunologia, com o laboratório e as aplicações clínicas desta Ciência. No âmbito das aplicações clínicas destacam-se as reacções alérgicas, as doenças auto-imunes, as imunodeficiências e as patologias malignas.