Resumo

Evidencia-se a importância/vantagens das técnicas nucleares, nomeadamente Tomografia Computorizada de Fotão Único (SPECT) e Tomografia Computorizada de Positrões (PET), na imagiologia molecular e na terapia selectiva de diferentes patologias. Analisa-se e discute-se o carácter multidisciplinar desta área dando especial atenção à importância da química, radioquímica, bioquímica e biologia molecular/celular na concepção e desenvolvimento de novos radiofármacos. Aborda-se e discute-se a problemática da estabilidade/instabilidade nuclear, analisam-se os parâmetros que a caracterizam, discutem-se os métodos de detecção e interacção com a matéria das radiações e/ou partículas emitidas. Aprofunda-se a química/radioquímica de elementos metálicos e não metálicos, as novas metodologias de alvejamento, bioconjugação e modulação da farmacocinética.