Notificação Espontânea

Em que consiste a notificação espontânea?

Relato voluntário e simplificado de uma ocorrência (evento adverso), associada a um tratamento suspeito (medicamento) utilizado por um individuo (doente – mesmo que saudável inicialmente, adoeceu com a RAM) e notificado pelo mesmo ou por outra pessoa (notificador).

Minimos

A notificação pode ser realizada diretamente para o INFARMED, I.P. (DGRM) ou para as Unidades de Farmacovigilância (UF) através de telefone, fax, correio ou via eletrónica (email), podendo recorrer aos impressos Ficha de Notificação para Profissional de Saúde / Ficha de Notificação para Utente, sites das UF ou online pelo PortalRAM.